domingo, 31 de agosto de 2008

Calmaria

Eu me sinto como se não estivesse viva, sem sentir ele descompassar. Apenas uma casca vazia, protegida da montanha-russa de emoções do mundo.
Mais uma pessoa anestesiada, vivendo sem sentir, para alcançar seu destino sem estar em frangalhos.

2 comments:

Déia disse...

às vezes eu queria me sentir assim...

Leonardo Luis disse...

E esse destino seria... a primeira coisa que me veio na cabeça foi a morte.